As cinco chaves para um time de sucesso, de acordo com o Google

Em Trabalho por Nex CoworkingFaça um Comentário

O que realmente faz um time feliz? Como fazer para que colegas de trabalho possam conviver de um jeito mais positivo? Esses são questionamentos que todos os gestores têm, seja quem lidera um time numa organização mais tradicional ou numa startup.

Há algum tempo, esse mesmo tópico surgiu na equipe de Recursos Humanos do Google. Eles estavam se perguntando o que fazia os funcionários realmente gostarem de trabalhar na companhia e serem produtivos. Sim, a maior parte do time gosta dos escritórios coloridos e cheios de atrativos, tão comuns nas organizações exponenciais. Sim, todo mundo tinha orgulho de falar que trabalhava na empresa. E sim, o salário também era muito interessante para todo mundo que vestia a camisa do Google. Mas e o que mais?

A resposta para a pergunta “o que faz o um time do Google ser efetivo?” não poderia ser respondida de um jeito diferente: eles decidiram analisar dados e números, de uma maneira bem rigorosa.

Por dois anos, o RH da empresa (que é chamado de Google’s People Operations) conduziu entrevistas com mais de 200 Googlers, olhando para mais de 250 atributos específicos de mais de 180 times diferentes da empresa.

Eles estavam decididos a provar que a eficiência do Google acontecia graças aos diferentes perfis de profissionais. Afinal de contas não tem como um time ser ruim com os melhores engenheiros do mundo, PhDs das universidades de prestígio dos Estados Unidos, alguns extrovertidos e vários nerds, né?!

O que surpreendeu os pesquisadores é que não, não importa quem o time seja, mas sim como eles estruturam seus trabalhos, como interagem entre si e como enxergam a sua contribuição para o crescimento da empresa.

Depois de tantas conversas e análises, eles chegaram a cinco pilares que são fundamentais para um time de sucesso e de alta performance — e que podem ser aplicados na sua empresa também.

O que é fundamental para um time ter sucesso, de acordo com o Google?

Segurança psicológica: o time consegue assumir riscos sem ficar inseguro ou com vergonha?

Confiabilidade: os funcionários podem contar um com os outros para fazer um trabalho de qualidade em time?

Estrutura e clareza: as metas, funções e planos de execução estão claros para todo o time?

Propósito do trabalho: o time está trabalhando com algo que é importante no âmbito pessoal?

Impacto do trabalho: o grupo acredita de verdade que o trabalho que está sendo executado importa?

O time ideal é o que responde SIM a todas essas perguntas. Se algum ponto desses estiver com uma resposta negativa, é importante que o gestor reavalie o que pode ser feito para melhorar a dinâmica do time.

Ahhh, de acordo com o Google, o ponto mais importante de todos é a segurança psicológica. Sentir-se confortável no grupo — seja para pedir ajuda em um projeto, ou então arriscar-se numa nova ideia, por exemplo — é fundamental para uma equipe feliz e de alta performance.

Gostou das dicas? Então acesse o portal re:Work, do Google. Esse site está repleto de dicas que podem ser aplicadas em empresas que têm o sonho de se tornar organizações exponenciais. 😉

Sobre o Autor

Nex Coworking

Deixe seu comentário